1 julho

Você tem uma vida sexual saudável?

Muito falo aqui sobre problemas sexuais, disfunções, baixa libido, enfim. Por isso hoje tive a ideia de falar do que se trata uma sexualidade saudável. Existem muitas peças de um quebra-cabeças disponíveis pela internet: tempo de orgasmo, qualidade de ereção, libido nas alturas etc. Mas a verdade é que pouco se fala da paisagem real, a foto que esse quebra-cabeças da sexualidade montado tem. Por isso hoje vou tentar trazer para você começar a refletir sobre isso.

1 – Prazer

A primeira coisa que devemos ter em mente em relação a uma sexualidade saudável é o prazer. O quanto de prazer que a sua vida sexual trás para você. Acontece que a patologização (a mania de transformar tudo em doença) da área sexual, tem trazido um desfoque muito grande para o que realmente importa. E o que realmente importa a princípio é o prazer! Você consegue relaxar e curtir o início o meio de um fim de uma relação sexual, nem que seja com você mesmo?

2 – Conforto

Outra questão importante é o conforto. Algumas pessoas apesar de sentirem prazer, após o ato sentem-se mal com alguma coisa, que muitas vezes nem sabem o que. Há casos de pessoas que se excitam com questões não saudáveis, que merece sim um olhar clínico e um tratamento emocional. Mas há também casos de pessoas que simplesmente aprenderam que o sexo é sujo e que aquilo não deveria ocorrer, sem nenhum senso crítico ou lógica plausível.

3 – Liberdade

Liberdade é outro ponto crucial em uma vida sexual saudável. Se no sexo você consegue ser você mesmo, se sente-se livre para testar, para agir da forma mais solta possível e desta forma satisfazer os seus desejos, tudo isso significa liberdade sexual. Para além do ato sexual, a liberdade também é importante nas relações de base, principalmente com pessoas que se mantém atividade sexual. Portanto, o autoconhecimento também te ajuda aqui. Como ser livre sem saber quem somos ou o que gostamos?

4 – Conhecimento

Não menos importante, o conhecimento também se faz um componente muito importante para uma vida sexual sadia. Entender de sexo não pode ser um privilégio de nós profissionais de saúde. Entender sobre conceitos básicos, saber o que é ou não invenção ou crendice, saber sobre minimamente anatomia corporal dentre outras questões, vão te ajudar a fazer do sexo algo mais natural. E quanto mais natural, quanto mais próximo de qualquer assunto ficamos, mais leve, livre confortável e prazeroso o assunto se torna. Puxando sardinha para o meu lado, este blog tem um conteúdo bem legal para você começar a se informar :).

Muitas disfunções sexuais tiram um ou mais desses elementos que citei acima, por isso é tão importante o trabalho do profissional de psicologia na sexualidade conjuntamente com outros profissionais da saúde. Uma das avaliações que fazemos partem desses elementos inclusive.

Teste rápido – Some os pontos:

Dê uma nota de zero a dez, onde zero é extremamente insatisfeito e dez extremamente satisfeito. Tenha como base o dia de HOJE. Se já foi melhor, use como métrica para a nota também. Pense também que é uma avaliação individual e não de um possível relacionamento.

  1.  Qual a nota para o seu prazer nas relações sexuais (intensidade da sensação, ausência de dores):
  2. E a nota para o conforto sexual (questões culturais, ideológicas etc):
  3. E o quanto se sente livre na sua vida sexual? (ser você mesmo, testar fantasias etc):
  4.  O quanto você sabe sobre sexo?

Some as notas:
0 a 16 – Você precisa de ajuda profissional para lidar com algumas questões. Avalie seus conceitos e procure ajuda com alguém que faça sentido para você.

17 a 20 – Podemos melhorar, que tal ler um pouco mais ou até procurar ajuda de um psicólogo sexólogo para questões pontuais?

21 a 30 – Muito legal! Você tem um futuro promissor e consegue identificar o que gosta. Não pare de evoluir.

31 a 40 – Parabéns! Continue se cuidando e se colocando em primeiro lugar.

Segue o vídeo que falo sobre o assunto também!

Muito obrigada e até o próximo texto!

Tags:, , , ,

Comentários

comentários

Receba dicas e atualizações da Anima em seu e-mail: