27 maio

A outra pessoa não te satisfaz ou te falta responsabilidade sexual?

Uma questão crucial sobre sua sexualidade que poucas pessoas saberiam te explicar.

Vou ser bem direta. A responsabilidade sexual é o seguinte: Cada pessoa é responsável pela sua própria sexualidade, de modo que sentir ou não prazer depende mais de você do que de outra pessoa.

É estranho pensar assim sendo que desejo sexual é algo direcionado a outras pessoas (ou coisas). Mas pensa comigo. Uma arma mira em um alvo, mas para o tiro sair a arma tem que estar funcionando direitinho, senão ele sai errado ou nem sai. Prazer sexual é a mesma coisa. Escolhemos os alvos mais atrativos, porém o tiro certeiro depende de nós mesmos.

Se seu corpo e sua mente não estiverem saudáveis, se você não se conhecer bem emocional e sexualmente, você simplesmente nunca vai saber o que é viver o prazer sexual de forma plena e absoluta. Sem esses elementos o máximo que se consegue são retalhos, recortes de uma vida sexual satisfatória, o que deixa muita gente de cabelo em pé caçando a metade da laranja sexual por aí.

Sobre autoconhecimento

Preciso fazer um apontamento importante sobre se conhecer sexualmente. Muita gente pensa que sexo funciona igual para todo mundo, o que é um dos maiores erros que podemos cometer. Assim como somos únicos, a expressão da nossa sexualidade é única, tendo, portanto, uma quantidade incontável de modos de viver o sexo. Sendo incontáveis modos, como que uma pessoa conseguiria ser responsável pelo prazer da outra? A conta não fecha e o resultado é um monte de pessoas frustradas sexualmente buscando alguém que os complete ou atrás de fórmulas mágicas (e para isso tem um monte de “profissionais” da área prontos para vender soluções). Porém se cada um se conhece e sabe passar o manual de operação para o outro, se direciona de forma certeira para o alvo sexual, bingo! As coisas fluem e dão muito certo.

Portanto antes de olhar para o outro, olhe para si. Faz um teste rápido aqui comigo. Responda para si:

  • O que te deixa com muita excitação?
  • Qual posição sexual te faz chegar mais rápido ao orgasmo?
  • Aliás, você já teve um orgasmo de te deixar com sonolência?
  • Sabe chegar nele de novo, quantas vezes quiser?Qual parte do seu corpo é mais sensível ao toque erótico?
  • O que te faz perder o desejo?
  • Que tipo de pessoa é seu alvo sexual preferido?
  • Do que sexo se trata para você? Amor? Tesão? Paixão? Tabu?

Essas entre outras muitas perguntas podem indicar o seu nível de autoconhecimento sexual. E é através dele que podemos assim, assumir uma responsabilidade sexual saudável.

Sobre Responsabilidade Sexual

Claro que isso não significa que você vai sair transando com qualquer ser vivente que aparecer pois não funciona assim. Atração sexual tem os direcionamentos, e esses direcionamentos são questões tão pessoais quanto o paladar ou o olfato. Uns gostam de azedo outros preferem doce, uns gostam de perfume de flores já outros preferem madeira e tudo isso porque sim. A responsabilidade sexual não vai te dar o super poder de sentir atração sexual por qualquer pessoa. É um tipo de coisa que não nos cabe inclusive. Desejo vem porque vem, gosto existe porque existe, isso faz você ser você e outro ser o outro.

Portanto, não culpe suas parcerias pelo insucesso da sua vida sexual, assuma a sua responsabilidade e comece desde já a trabalhar essa questão na sua mente.

Também avalie se não é uma questão de insistir no desejo a uma pessoa que não tem a ver com seus gostos sexuais. Sexo é multifatorial, então sua análise precisa ser também.

Nas minhas redes sociais vou seguir falando desse assunto e sempre que surgir dúvidas, basta enviar que na medida do possível eu tento responder.

Porém o mais importante é que se isso for uma dificuldade para você recomendo que busque ajuda profissional de um psicólogo sexólogo. Este profissional vai te ajudar a se descobrir tanto emocionalmente, quanto sexualmente, sem fórmulas mágicas ou receitas de bolo, utilizando apenas o que é seu e para você.

Repense sua vida sexual, dê uma atenção especial as suas emoções e a você mesmo no geral que as coisas tendem a fluir. Espero ter aberto uma nova ideia na sua vida e desejo que tenha todo sucesso do mundo na sua saga da vivência sexual saudável.

Segue um vídeo que aponto alguns aspectos sobre esse assunto:

 

Um abraço e até o próximo texto!

Tags:, , ,

Comentários

comentários

Receba dicas e atualizações da Anima em seu e-mail: